• Você sabe o que é Mindfulness?
    Por Alenne Namba

    Engraçado como realmente as coisas não acontecem por acaso.

    Na semana passada atendi uma coachee que me pediu algumas ferramentas que a auxiliasse quando as preocupações começassem a pipocar em sua cabeça. Logo me lembrei dos exercícios de Plena Atenção ou mais conhecido por Mindfulness.

    No final de semana seguinte, minha irmã me fala que está fazendo um curso de Plena Atenção na escola onde trabalha e que a tem ajudado muito em sua forma acelerada de ser.

    Certamente tudo isso me trouxe mais certeza ainda de que o Mindfulness ou simplesmente “estar consciente” como falamos em Psicanálise não é algo a se desconsiderar, como muitos falam por aí. Ao contrário, é necessidade básica nos dias de hoje.

    Muitos de nós passamos boa parte do nosso tempo pensando sobre o passado ou sobre o futuro. Desejamos que nossas vidas sejam diferentes, arrependemo-nos por algo que fizemos ou dissemos, analisamos o comportamento daqueles que nos rodeiam, ou seja, estamos envoltos em pensamentos de tudo o que poderia ser, mas não é.

    Mesmo quando estamos felizes, acabamos nos preocupando com isso. “Ah, está tudo bom demais. Essa felicidade não vai durar por muito tempo”. Ou “Não está bom o suficiente, poderia ser melhor”.

    Talvez tudo o que precisamos em certos momentos é parar, desacelerar, focar no momento presente e apreciar o aqui e agora. E isso é Plena Atenção.

    Mindfulness, portanto, é uma prática importante para essa nossa vida agitada e desenvolvê-la pode oferecer diversos benefícios para a sua saúde, seu bem-estar, seus relacionamentos e inclusive para sua carreira.

    Por isso, preparei este eBook gratuito para você. Nele você encontrará informações importantes sobre o que é Mindfulness, qual sua utilidade no seu dia a dia, como você pode aplicá-lo na sua rotina e como você pode desenvolvê-lo como hábito essencial em sua busca por uma vida mais leve e mais coerente com quem você quer ser. E, como um mimo especial, seguirá com mais duas ferramentas que te ensinarão passo a passo como exercitar a atenção plena em diversas situações da sua vida cotidiana.

    Espero que aproveite!

    Leia mais
  • Priorize-se!
    Por Alenne Namba

    Ok. 2015 já mais do que começou. Estamos em fevereiro. Se você fez sua lista de resoluções de Ano Novo, eu espero que já esteja agindo para tornar real pelo menos um dos itens que elencou na sua lista dos sonhos.

    Agora se você ainda não deu nenhum primeiro passo sequer, é bom saber que a mente sem nada para fazer começa a seguir padrões aleatórios, ou seja, fica perdida, vivendo sem rumo. E geralmente fica assim só se deixando parar em pensamentos de culpa, negativos ou dolorosos.

    Já uma mente envolvida em algo útil não abre espaço para pensamentos indesejáveis. Concentrar-se em alguma atividade reduz os sentimentos de culpa, solidão e, consequentemente, eleva positivamente a visão sobre si mesma.

    Então, como sugestão inicial para este novo ano que começa, proponho este exercício muito simples: escolha 3 das atividades abaixo para praticar pelos próximos 60 dias, até que elas se tornem um hábito natural para você. E se você gostar da brincadeira (séria, por sinal!) vai poder escolher mais 3 a cada 60 dias e assim por diante.

    Este exercício é um COMPROMISSO CONSIGO MESMA e eu espero que lá na sua lista de resolução de ano novo você tenha se colocado como prioridade em 2015. Então siga minhas instruções e deixe suas 3 escolhas encherem sua vida de boas e novas experiências nos próximos 60 dias.

    #1
    Recicle-se

    Focar em si mesmo é o que você está fazendo agora ao ler este artigo. E nada melhor do que aproveitar esse centramento para especializar-se profissionalmente ou pessoalmente. Matricule-se naquele curso que há tempos você deseja fazer. Aproveite seu tempo sozinha para priorizar seu crescimento. Esta é a hora.

    #2
    Cuide do visual

    Você conhece seu estilo próprio? Sabe como gosta de se apresentar, sabe como gosta do seu cabelo, gosta de maquiagem? Você se arruma como gostaria ou o faz de forma a agradar os outros ou alguém em especial (um namorado, talvez…)? Agora é a hora de experimentar o SEU jeito de ser. Escolha roupas diferentes, consulte um personal stylist, pinte o cabelo de outra cor, faça uma limpeza de pele. Descubra-se, esteja aberta às infinitas possibilidades. Experimente!

    #3
    Exercite-se

    Você está cansada de saber que a endorfina liberada pelas atividades físicas é uma arma poderosa para sentir-se bem. E por que não aproveitá-la para dar um gás no seu caminho de amadurecimento e superação? Caminhada, corrida, musculação, crossfit, squash, tênis, escalada, paraquedismo. Quantas são as escolhas! Delicie-se num esporte que faça sua adrenalina subir. É tudo o que você precisa agora.

    #4
    Faça sua lista de filmes

    Sabe aqueles filmes que você gostaria de ter visto, mas que seu ex não tinha a menor vontade de assistir com você? Agora é a hora de atualizar sua lista da sétima arte. Apenas tenha cuidado para não encher a lista de dramas românticos e acabar caindo na tentação de ligar para o ex. rsrsrs

    #5
    Adote um amigo

    Mais do que um amigo, um animal de estimação costuma ser um recurso de cura para quem está num momento delicado, de tristeza, de ansiedade. O animal não precisa de muita coisa, apenas de atenção. E você também precisa de atenção. Então é uma ótima oportunidade de cuidarem um do outro.

    #6
    Curta a natureza

    O contato com a natureza é capaz de ajudar na recuperação de qualquer dia ruim. Ela estimula a vontade de viver. É o que diz este artigo da Revista Mente e Cérebro (eu amoooo esta revista!). Coloque a coleira no seu novo amigo e faça um passeio no parque da sua cidade, vá para a praia, faça um piquenique no zoológico ou embaixo de uma árvore gostosa. Essa é a atividade certa para aquietar seus sentidos e sentir-se pronta para um dia a dia mais leve.

    Para qualquer mudança na sua vida é preciso levar para os eu dia a dia as mudanças que deseja. E isso só é possível com a prática, com a ação. Ficar parada, você já sabe, não te leva literalmente a lugar nenhum.

    Então siga de verdade este exercício, pare de reclamar da vida e comece a entender por que existem tantas pessoas felizes por aí. Elas simplesmente decidiram viver, experimentar, agir.

    E se você quiser conhecer mais 6 atividades que você pode incluir no seu dia a dia, clique aqui e baixe o eBook gratuito Tarefas a fazer: Amar a mim mesma.

    Leia mais
  • ryanking999 / 123RF Banco de Imagens
    Saiba como ter uma ótima segunda-feira
    Por Alenne Namba Life Coaching

    Toda semana é igual: você se esforça a semana toda para que seu fim de semana seja um momento de diversão ou descanso. Mas e se você pudesse encontrar uma fórmula para que esse momento de paz pudesse ser curtido todos os dias da sua vida?

    Faça um teste: pegue um espelho e dê uma olhada agora. Vá, deixe de preguiça! Procure um espelho e me diga: como você se vê? Cansado, tranqüilo, animado, ansioso? A sua resposta pode depender do dia da semana.

    Segundo uma pesquisa recente da agência de mídia PHD Global, nós nos sentimos menos atraentes aos domingos e às segundas-feiras. É justamente quando nosso humor tende a estar mais baixo. Afinal, sentimos que a ralação ocorre durante a semana, enquanto o final de semana é a hora da liberdade. O problema de continuar pensando assim é que você começa a se comportar (toda semana) como se a vida fosse uma fatalidade, como se durante a semana você fosse apenas uma vítima da situação.

    Continue lendo este artigo para ressignificar essa imagem distorcida (e injusta) da pobre segunda-feira. Você irá saber como:

    DICA # 1 – Manter uma regularidade ao acordar
    DICA # 2 – Permitir-se duas refeições felizes
    DICA # 3 – Organizar sua segunda-feira na sexta-feira

    Parece interessante? Continue lendo.

    Pensa bem: o que será que poderia acontecer se desejássemos que todos os dias da semana fossem como sábado? Não é justamente isso que desejamos? Quando estamos de folga ou de férias não é justamente isso o que acontece? E não é justamente o que sentimos? Equilíbrio, qualidade de vida mais satisfatória, tranqüilidade. A diferença entre o fim de semana e os dias da semana estão mais ligados ao que mentalizamos do que com a realidade propriamente dita. Proponho que você faça esse teste por 15 dias e me diga se essas 3 dicas de comportamento facilitarão a semana para você.

     

    #1 Mantenha uma regularidade de horário ao acordar

    Para dar o primeiro passo, você precisará dar uma paradinha, olhar para trás e responder: Como foi o fim de semana anterior à sua segunda-feira?

    Nós temos uma tendência a achar que o fim de semana foi feito para dormir mais. Mas essas horinhas a mais de sono trazem consigo um preço alto.

    Veja se essa história lhe parece familiar. O fim de semana chegou e você aproveita para dormir umas horinhas a mais. Mas, quando chega a segunda-feira, seu corpo sofre para alterar sua “zona de tempo de sono” do fim de semana. Por isso, a hora de acordar na segunda-feira é tão temida. Isso ajuda a explicar por que muita gente raramente consegue ter uma boa noite de sono durante a semana.

    Mas não se assuste! Isso não quer dizer que você não pode, de jeito nenhum, dormir um pouco a mais no fim de semana. Eu sei que é justamente quando você pode descansar…

    Esse ajuste na “zona de tempo de sono” só ocorre se você ficar mais de duas horas após sua hora habitual de ir para a cama. Então, se você normalmente vai dormir às 23 horas durante a semana, pode dar uma esticadinha até a meia noite ou até 1 hora da manhã. E aí você também empurra seu horário de despertar para uma ou duas horas a mais.

    Agora, se ocasionalmente você tiver de dar uma esticadinha numa noitada mais prolongada, não vale essa regra. Não estenda também o horário para acordar, mesmo que isso signifique dormir menos que 7 horas. Caso precise esticar por mais de duas horas o momento de ir para a cama, não acorde a mesma quantidade de horas mais tarde. Empurre seu horário de despertar em no máximo duas horas. Dessa forma, você vai sentir sono na hora certa no domingo à noite e estará preparado para acordar na segunda-feira sem tanta dificuldade.

    Conhece alguém com esse problema? Compartilhe essa idéia. Quem sabe essa dica pode facilitar a vida dela também?

     

    #2 Permita-se duas refeições felizes

    Por que será que nos permitimos refeições felizes somente nos finais de semana? Para a maioria dos mortais, o meio da semana é o momento para dietas mais rigorosas, enquanto nos finais de semana nos soltamos mais e deixamos espaço para auto-indulgências. E isso pode se traduzir em comer mais e se exercitar menos. Esta atitude de tudo ou nada é um convite para a comilança excessiva, e você pode acabar chegando na segunda-feira com o sentimento de auto-penitência. A partir dali você sente que tem de voltar a sofrer. A esse sentimento se junta a culpa e o estresse no trabalho, e aí você se sente como se estivesse mesmo condenado. E, para piorar, após os prazeres do fim de semana, você também pode voltar à segunda-feira sentindo-se inchado e empanturrado.

    É claro que é bem difícil suportar a idéia de desistir das recompensas do fim de semana, mas isso não é necessário. Basta que você equilibre o momento. Quando chegar o fim de semana, escolha uma refeição feliz no sábado ou domingo e continue se alimentando de forma saudável nas demais refeições, assim como você costuma agir no meio da semana. Então, se está acostumado com um lanchinho light durante a semana, mantenha-o nos fins de semana.

    Manter alguma coerência na rotina diária do meio da semana e do fim de semana dá uma sensação de permanência, o que diminui a aversão às segundas-feiras. Eu e meu marido mantemos nossa diversão saindo uma vez durante a semana e costumo sugerir o mesmo para meus coachees. Ou seja, durante a semana você também pode se permitir uma segunda refeição feliz. Dessa forma, você não se sente tão desesperado na sexta-feira à noite para dar-se um prazer qualquer. Ao manter um equilíbrio entre meio de semana e fim de semana, sua segunda-feira passará a ser encarada como mais um dia de sua rotina e não como o dia de voltar à auto-penitência.

    Sinceramente, eu espero que você não sinta essa necessidade de buscar na alimentação uma válvula de escape nos fins de semana. O ideal é realmente manter uma alimentação saudável todo o tempo. Mas, se esse não for o seu caso, compreenda que você vive num mundo real, coloque em prática essa dica e dê o seu melhor.

     

    #3 Organize sua segunda-feira na sexta-feira

    Nós bem sabemos que a sexta-feira depois do almoço é a hora de começar a chutar o balde e iniciar a contagem regressiva para a saída do trabalho. É a conhecida Ansiedade Antecipatória. Esse tipo de ansiedade pode sobrecarregar sua mente, tornando-o menos funcional e menos feliz. E, ao invés de manter suas atividades normalmente e preparar-se tranquilamente para o fim de semana, você acaba acumulando afazeres para a semana seguinte, na ânsia pela chegada do fim de semana.

    Para evitar essa Ansiedade Antecipatória e iniciar sua segunda-feira sem sobrecarga, utilize sua sexta-feira à tarde para organizar-se para a semana seguinte. Fazer um pouco de trabalho de preparação na sexta-feira pode levar apenas alguns minutos. Aproveite para fazer uma listinha de tarefas a fim de deixar sua cabeça livre para aproveitar o fim de semana e facilitar seu retorno na segunda-feira. Do contrário, você continuará chegando ao trabalho na segunda-feira sentindo-se perdido e tentando colocar a cabeça no lugar para descobrir como iniciar seu dia.

    Posso enviar o modelo de Lista de Tarefas que uso no processo de Coaching. Basta pedir a sua aqui.

    Então, topa colocar em prática essas dicas e voltar aqui para me dizer se deu certo?

    Se sim, saiba que essa diferença de mentalidade e comportamento podem te proporcionar uma semana mais divertida, mais leve e, de quebra, você pode manter sua aparência mais feliz tanto no fim de semana quanto na segunda-feira. E na terça, na quarta, na quinta…

    Espero que este artigo tenha sido útil para você. Se deseja realmente tornar-se uma pessoa mais leve e mais feliz (não importa se no sábado ou na segunda), coloque seu e-mail abaixo e receba nossos artigos e seja o primeiro a receber as novidades.

    Até a próxima e bons resultados!

    (Crédito da imagem 123rf.com)

    eBook Detox Mental

    Leia mais